X
  • INÍCIO
  • A CIDADE
  • INSTITUCIONAL
  • SERVIÇOS
  • COVID-19
  • TRANSPARÊNCIA
  • CONTATO
  • Bem vindo ao portal da Prefeitura de Alvorada

    Estrutura Organizacional

    Competências

    O Principio serviço ofertado pelo CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral á Família (PAIF). Este é um trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função protetiva das famílias, prevenindo a ruptura de vínculos, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

    Constituem usuários do PAIF as famílias territorialmente referenciadas ao CRAS, em situação de vulnerabilidade social decorrentes da pobreza, do precário ou nulo acesso aos serviços públicos, da fragilização de vínculos de pertencimento e sociabilidade e/ou qualquer outra situação de vulnerabilidade e risco social.

    São prioridades as seguintes situações consideradas de maior vulnerabilidade social:

    - Famílias vivendo em territórios com nulo ou frágil acesso á saúde, á educação e aos demais direitos, em especial famílias monoparentais chefiadas por mulheres, com filhos ou dependentes;

    - Famílias provenientes de outras regiões, sem núcleo familiar e comunitário local, com restrita rede social e sem acesso a serviços e benefícios socioassistencias;

    -Famílias recém-retiradas de seu território de origem, em função da implementação de empreendimentos com impactos ambientais e sociais; Famílias com moradia precária (sem instalações elétricas ou rede de esgoto, com espaço muito reduzido, em áreas com risco de deslizamento, vivenciando situações declaradas de calamidade pública, dentre outras); 

    - Famílias vivendo em territórios com conflitos fundiários (indígenas, quilombolas, extrativista, dentre outros);

    -Famílias pertencentes aos povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, extrativista, dentre outros);

    - Famílias ou indivíduos com vivencia de discriminação (étnico-raciais e culturais, etárias, de gênero, por orientação sexual, por deficiência e outras);

    - Famílias vivendo em contextos de extrema violência (áreas com forte presença do crime organizado, tráfico de drogas, dentre outros);

    - Famílias que enfrentam o desemprego, sem renda ou renda precária com dificuldades para prover o sustento dos seus membros;

    - Famílias com crianças e/ou adolescentes que ficam sozinhos em casa, ou sob o cuidado de outras crianças, ou passam muito tempo na rua, na casa de vizinhos, devido á ausência de serviços sociassistenciais, de educação, cultura, lazer e de apoio á família;

    - Famílias que entregou crianças/ adolescentes para adoção;

    -Famílias com integrante que apresenta problemas de saúde que demandam do grupo familiar proteção e/ou apoio e/ou cuidados especiais (transtornos mentais, doenças crônicas e etc).